AIC-N 44/20

Procedimentos e mínimos de separação baseados em esteira de turbulência para aeronaves acima da classificação PESADA

Esta AIC tem por finalidade informar à comunidade aeronáutica nacional os mínimos de separação baseados em esteira de turbulência, em relação ao Airbus 380 e aeronaves congêneres, superiores/complementares aos estabelecidos pela Organização de Aviação Civil Internacional (OACI), cuja previsão de entrada em vigor é 01 DEZ 2020 na ICA 100-37 – “Serviços de Tráfego Aéreo”.

Em vigor desde 1 de Novembro de 2020



  • Voltar


DECEA